Gurupá (PA), Quinta-Feira, 26 de Maio de 2022 - 20:28
25/03/2022 as 13:12 | Por G1 PARÁ |
Belém volta a registrar protestos contra reajuste de R$ 5 aprovado por Conselho de Transporte
Aumento de 39,40% em relação ao valor anterior foi aprovado na quinta (24) e deve ser avaliado pelo prefeito nesta sexta-feira (25).
Fotografo: Sem Dados
Sem Legenda

Estudantes e movimentos sociais voltaram a protestar em Belém nesta sexta-feira (25) contra a possibilidade de o valor da passagem de ônibus aumentar para R$ 5. Na quinta também teve protesto com interdição de avenida e invasão de shopping.

O valor, já aprovado pelo Conselho Municipal de Transporte, deve ser avaliado e passar pela sanção do prefeito Edmilson Rodrigues (Psol), o que deve ocorrer ainda nesta sexta. 'Vou levar em consideração condições da população', disse o prefeito após Conselho aprovar o reajuste.A manifestação iniciou pela manhã e percorreu alguns trechos de faixas exclusivas de ônibus na região Central até o bairro São Brás. Eles ocuparam parte da avenida José Malchier, uma das principais na região central de Belém.

Na manhã de quinta (25), o Conselho Municipal de Transportes de Belém aprovou aumento que representa reajuste de 39,40% do valor atual da passagem municipal e ainda precisa passar pela sanção do prefeito.Dos 15 membros presentes na votação desta quinta, 10 votaram a favor do reajuste, 4 votaram contra e um se absteve.O valor da passagem de ônibus em Belém custa R$ 3,60 desde junho de 2019, data do último reajuste autorizado pela prefeitura. Naquele ano, o aumento foi de R$ 0,30 sobre o valor anterior.

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA), o gasto mensal do usuário que pega duas conduções diárias será de R$ 240,89. Já o impacto em relação ao salário mínimo fica em aproximadamente 19,88%.

 




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil