Gurupá (PA), Quinta-Feira, 09 de Dezembro de 2021 - 01:23
15/09/2021 as 00:53:38 | Por J.R Avelar/Diário Do Pará |
Almeirim: matador de jornalista no Pará é preso no Amapá
Crime foi cometido no dia 6 de setembro em Almeirim e o jornalista foi morto dentro de sua casa
Fotografo: Reprodução
Sem Legenda

Já está atrás das grades o homem réu confesso do crime de latrocínio de que foi vítima, no dia 6 de setembro, o jornalista Eranildo Ribeiro da Cruz, de 54 anos, cujo corpo foi encontrado no interior de sua residência no distrito de Monte Dourado, no município de Almeirim, na região Oeste do Pará. O jornalista do periódico “Tribuna Regional” apresentava uma lesão profunda na cabeça e foi encontrado na posição “de bruços” em cima da cama, coberto com lençol e um travesseiro sobre a cabeça. O delegado Jamil Casseb, superintendente do Polícia Civil no Baixo Amazonas, tão logo tomou conhecimento do crime, determinou a apuração dos fatos para identificar e prender o assassino. Os policiais civis de Almeirim passaram a analisar imagens de câmeras de monitoramento de vários estabelecimentos, por onde foi possível identificar a vítima com uma pessoa na garupa de sua motocicleta. Alinhando os horários de forma cronológica, a Polícia Civil conseguiu fotos do suspeito no porto de Laranjal do Jari no Amapá, atravessando de Monte Dourado e na posse da arma usada no crime: um pé-de-cabra. Com estas informações, foi solicitado apoio da Polícia civil amapaense e na segunda-feira (13) os policiais passaram informações de que o suspeito havia sido visto com a motocicleta da vítima naquele município.  A pista era excelente e os policiais civis de Monte Dourado seguiram para o Amapá, conseguindo localizar a motocicleta roubada do jornalista estacionada em frente a uma igreja e com a cor já modificada; permaneceram outros traços que permitiram a identificação. Foi montada campana às proximidades onde estava a motocicleta e, após quatro horas, o suspeito foi buscá-la, momento em que foi preso pelo delegado Rodrigo e pelo investigador Emerson. Ele foi identificado como Janilson Silva Duarte, de 19 anos, que, interrogado, confessou participação no crime, dizendo que recebeu apoio de outra pessoa, a qual já está sob investigação; devendo ser preso nos próximos dias. O delegado diretor de Polícia do Interior, Hennison Jacó, informou que devido às diligências terem sido de forma ininterrupta Janilson Silva Duarte foi autuado em flagrante delito pelo crime de latrocínio.




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil